Centrais de Alarme de Incêndio

Os sistemas de alarme de incêndio Segurimax são indispensáveis para a preservação das vidas e do edifício ao qual estão instalados. Além de salvar vidas, o sistema de alarme de detecção de incêndio tem como objetivo mitigar perdas e prejuízos com equipamentos, infraestrutura, proteger o patrimônio e garantir aos ocupantes do local o abandono de forma segura em uma situação de sinistro.

A Segurimax possui um eficiente programa de suporte técnico, suporte ao instalador e análise de projetos e soluções.

Nosso portfólio tem: centrais de incêndio, repetidoras, fontes auxiliares, acionadores manuais, sinalizadores audiovisuais, detectores lineares de fumaça, detectores pontuais de fumaça, detectores de temperatura, módulos de endereçamento, módulos de saída relé e módulos isoladores.

- Centrais de incêndio: equipamento utilizado para energizar e supervisionar os dispositivos de detecção, que quando atuado algum dispositivo, a central identifica a área protegida e o dispositivo em alarme. Se necessário aciona os sinalizadores audiovisuais.

- Repetidoras: equipamento utilizado para replicar os eventos sinalizados pela central de incêndio.

- Fontes auxiliares: equipamento utilizado para minimizar os efeitos de queda de tensão e aumentar a autonomia do sistema de alarme de incêndio. Possibilita a alimentação de dispositivos de saída como sinalizadores audiovisuais, detectores lineares entre outros.

- Acionadores manuais: dispositivo utilizado para a iniciação manual de um alarme.

- Sinlizadores audiovisuais: dispositivo que emite sinais sonoros e visuais simultaneamente.

- Detectores lineares de fumaça: dispositivo que utiliza um sistema de reflexão de raios infravermelhos para detecção de fumaça. O detector linear é composto por um emissor/receptor e um refletor, instalados em paredes opostas. São indicados para instalações com grandes espaços abertos, podendo substituir um grande número de detectores de fumaça pontuais ou então em espaços abertos de prédios altos, onde os detectores pontuais são inadequados.

- Detectores pontuais de fumaça: dispositivo que detecta partículas de combustão em suspensão, utilizado para monitorar diversos tipos de ambientes que contenham materiais, cuja característica no início da combustão é a geração de fumaça.

- Detectores de temperatura: dispositivo que detecta um aumento de temperatura no ambiente. É adequado para monitorar ambientes com presença de materiais, cuja característica no início da combustão é gerar muito calor e pouca fumaça.

- Módulos de endereçamento: equipamento utilizado para endereçar dispositivos convencionais que funcionam tanto com ganho de corrente (queda de tensão) quanto com contato seco (relé).

- Módulos de saída relé: equipamento utilizado para acionar dispositivos externos, possibilitando maior versatilidade do sistema de detecção e alarme de incêndio. O acionamento é feito através de um contato seco NA ou NF.

- Módulos isoladores: dispositivo utilizado para proteger o circuito de detecção, isolando os dispositivos e garantindo o funcionamento em caso de curto-circuito.